Empréstimo Pessoal

Hoje em dia, devido a muitas vezes as pessoas estarem desprevenidas quando surge uma situação de emergência e precisarem de dinheiro rápido, existe a necessidade de pedir um empréstimo pessoal. Assim, podemos fazer frente a essa emergência e pagar depois, com conforto e facilidade, em pequenas parcelas mensais.

Mas nem só para emergências serve o empréstimo pessoal, pois com ele você pode fazer de tudo: realizar a tão sonhada viagem, pagar uma faculdade, terminar aquela obra na sua casa que há anos está parada, pagar dívidas, comprar um carro (ou trocar o que você já tem), entre muitas outras coisas.

Por ser muito fácil, simples e rápido de se conseguir e servir para uma tão extensa gama de propósitos é uma excelente opção de crédito para toda a população, incluindo aqueles que têm problemas bancários.

Como nos permite comprar o que desejamos, mesmo que não tenhamos dinheiro no momento e pagar pouco a pouco em um prazo alargado definido por nós mesmos, conforme a necessidade, é uma ótima opção enquanto a pessoa pode efetuar um pagamento mensal periódico.

Tudo isto fez com que os empréstimos pessoais se tornassem tão populares e comuns como o próprio cartão de crédito e que tenham passado até o cheque especial em termos de pedidos, que era opção favorita dos Brasileiros na hora de pedir um pequeno crédito. Um empréstimo pessoal tem, regra geral, taxas de juro significativamente mais baixas que aquelas do cheque especial.

Emprestimo Pessoal Dinheiro

Fazendo o pedido pela internet é tudo bastante rápido e tão simples como preencher um formulário com os seus dados completos, informar quanto quer pedir, em que espaço de tempo pretende pagar e aguardar que a financeira o contate telefonicamente, normalmente no mesmo dia.

Poderá depois ter o dinheiro na sua conta bancária, ou na sua mão, num período de 24 a 48 horas, o que é bastante mais rápido do que um pedido de empréstimo convencional num banco, que requer substancialmente mais tempo devido aos processos burocráticos típicos dos bancos que pedem uma infinidade de documentações e confirmações, assim como algo que você terá de dar como garantia para o caso de entrar em incumprimento.

No caso do pedido de empréstimo pessoal pela internet, não é, regra geral, preciso qualquer tipo de garantia (também por essa razão todo o processo é mais rápido, resolvendo os seus problemas num curto espaço de tempo). Caso seja funcionário público, pensionista ou funcionário de certas empresas, existe também uma opção que ainda é melhor, o crédito consignado. Nessa opção os juros são ainda mais baixos e as parcelas são diretamente descontadas do seu salário.

Para além disso, hoje em dia, existe uma grande variedade de empréstimos online, pelo que é muito importante analisar as condições de cada um para escolher o que se adaptar melhor à sua situação. Embora a taxa de juro deste tipo de empréstimo ser bastante inferior à taxa de juro dos cartões de crédito, é importante tela em atenção quando se decide entre várias opções de empréstimo, pois ela pode variar bastante.

Um empréstimo pessoal (independentemente da razão pela qual o pediu) conta com três elementos fundamentais: montante, prazo e preço. Este último elemento é, exceto em casos muito especiais, definido por uma taxa de juro. Da combinação dos três fatores advém o valor da prestação que você irá pagar, ou seja, o montante em dinheiro a pagar periodicamente pelo empréstimo.

É necessário que você considere vários fatores antes de pedir seu crédito pessoal e que faça uma escolha ponderada entre as várias opções que lhe estão disponíveis. Cada banco tem suas diferentes regras, requisitos e diferentes taxas de juro.

É importante que, ao contratar o empréstimo, não se esqueça de ler as “letras pequenas”, ou seja, suas condições e cláusulas, para saber, por exemplo, se em caso de necessidade ou emergência é possível deferir o pagamento de uma ou mais prestações ou se é possível o reembolso antecipado da dívida, isto é, que você pague o seu crédito mais rapidamente (o que pode permitir uma poupança nos juros).

Mesmo para quem tem problemas bancários e até para quem já incumpriu no pagamento de um empréstimo pessoal anterior e tem o seu nome cadastrado no SPC e/ou SERASA, é possível pedir novo empréstimo pessoal, embora com juros mais elevados.

Se for o seu caso, tenha muito cuidado e certeza de que, desta vez, conseguirá pagar seu crédito sem problemas. Assim limpará o seu nome e fará com que tenham mais confiança em si, conseguindo, no futuro, juros substancialmente mais baixos e empréstimos mais fáceis.